Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Gato com Vertigens

Um espaço com ideias para pensar, divertir e partilhar.

Gato com Vertigens

Um espaço com ideias para pensar, divertir e partilhar.

O gato com vertigens é um blog que se destina a todos aqueles que tiverem algo de inteligente para dizer ou que queiram aprender mais sobre o mundo em que vivemos. Quer seja um comentário a uma notícia, um elogio, uma celebração, um desabafo ou uma denúncia, a sua opinião é bem-vinda.

 

Guia para conduzir em cidades grandes

  • O verdadeiro condutor citadino nunca usa os piscas. Pode denunciar as suas verdadeiras intenções.
  • Do mesmo modo, nunca usa o cinto de segurança, pois acha que isso é coisa de mariquinhas.
  • Em nenhuma circunstância se deve deixar uma distância segura entre o nosso carro e o da frente, sob pena do espaço ser ocupado por outro condutor, colocando-nos numa situação perigosa.
  • Atravessar dois traços contínuos é considerado «acompanhar o ritmo do trânsito».
  • Nunca deverá ultrapassar pela esquerda, quando pode fazê-lo pela direita. É uma boa forma de se assustar as pessoas que entram na auto-estrada.
  • Os limites de velocidade são números arbitrários, dados apenas como sugestões e aparentemente não são aplicáveis nas áreas urbanas durante a hora de ponta.
  • Reduza sempre a velocidade quando vê um acidente ou alguém a mudar um pneu.
  • Sempre que verificar a aproximação de um veículo de marcha urgente (ambulâncias, bombeiros, Serviços de Emergência, etc.) atravesse-se no caminho deles. Afinal de contas eles não são mais do que você.
  • Todos pensam que têm carros melhores do que o seu, em especial taxistas e condutores de camiões, pelo que deve ultrapassá-los em todas as ocasiões.
  • Faz parte da tradição buzinar para os condutores que não avancem quando o semáforo fica verde.
  • Não esqueça que o objectivo de qualquer condutor de cidade grande é chegar ao seu destino em primeiro, independentemente dos meios utilizados.
  • A chuva, o gelo e o nevoeiro não são motivo para ignorar qualquer uma destas regras, mas sim uma maneira de garantir a sobrevivência dos bate-chapas, dos ferros-velhos, das seguradoras e dos vendedores de automóveis.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.