Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Gato com Vertigens

Um espaço com ideias para pensar, divertir e partilhar.

Gato com Vertigens

Um espaço com ideias para pensar, divertir e partilhar.

O gato com vertigens é um blog que se destina a todos aqueles que tiverem algo de inteligente para dizer ou que queiram aprender mais sobre o mundo em que vivemos. Quer seja um comentário a uma notícia, um elogio, uma celebração, um desabafo ou uma denúncia, a sua opinião é bem-vinda.

 

Novo Dicionário de Língua Portuguesa

A língua portuguesa é fantástica, interessante e muito rica. E se estivermos atentos ao que as pessoas dizem, às vezes achamos que precisamos de um dicionário para entender o que ouvimos. Divirta-se com esta interessante compilação:

 

  • Alevantar – O acto de levantar com convicção com o ar de "a mim ninguém me come por parvo! Alevantei-me e fui-me embora!"
  • Aspergic- Medicamento português que mistura Aspegic com Aspirina.
  • Assentar – O acto de sentar, só que com muita força, como se fossemos praticamente um tijolo no cimento.
  • Benerom – Analgésico.
  • Capom – Porta de motor de carros que quando se fecha faz POM!
  • Destrocar – Trocar varias vezes a mesma nota até ficarmos com a mesma.
  • Danificar – Há quem use em vez de dignificar (veja os apanhados da TVI Porto no final).
  • Deus – Treinador de todos os jogadores de futebol brasileiro que nunca se esquecem de lhe agradecer nos finais dos jogos.
  • Disvorciada – Mulher que se diz por aí que se vai se divorciar.
  • Destrocer – Torcer várias vezes.
  • Deslargar – Largar várias vezes o que quer que seja.
  • É assim – Talvez a maior evolução da língua portuguesa. Termo que não quer dizer nada e não serve para nada. Deve ser colocado no inicio de qualquer frase. Muito utilizado nos concorrentes do Big Brother.
  • Entropeçar - Tropeçar duas vezes seguidas.
  • Eros - Moeda alternativa ao Euro adoptada por alguns portugueses.
  • Exensar - Termos que para ser bem utilizado tem que ser dito rápido para que algumas pessoas percebem que se quer dizer "deves pensar".
  • Emaranhar – Vulgarmente subir/ trepar
  • Falastes, dissestes e afins – Articulação na 4ª pessoa do singular. Ex: EU falei, TU falaste. ELE falou, TU FALASTES.
  • Fracturação – O resultado da soma do consumo de clientes em qualquer casa comercial. Casa que não fractura... Não predura.
  • Grilhar – O mesmo que grelhar.
  • Inimigos – O que vou ganhar depois de alguns lerem este Dicionário...
  • Merceiria – Local de venda de frutas, legumes e produtos de consumo caseiro.
  • Mô – A forma mais pratica de articular a palavra MEU e dá um ar afro á língua portuguesa, como Bué ou Maning (muito em Moçambique). Ex: Mô Tio.
  • Nha – assim como Mõ, é a forma mais pratica de articular a palavra Minha.
  • Para quê perder tempo não é? Fica sempre bem dizer Mô Tio e Nha Mãe por exemplo, e poupa-se imenso tempo.
  • Numaro - Já está na Assembleia da Republica uma proposta de lei para deixarmos de utilizar a palavra NÚMERO que está em claro desuso. Por mim acho um bom numaro!
  • Parteleira – Local ideal para guardar os livros de português do tempo da escola.
  • Perssunal – O contrário de amador. Muito utilizado por jogadores de futebol. Ex:" Sou perssunal de futebol". Dica: Deve ser articulada de uma forma rápida.
  • Pitaxio – Aperitivo da classe do Mendoim.
  • Prontus – Usar o mais possível. É só dar vontade e podemos sempre soltar um Prontus! Fica sempre bem nos lugares mais bem frequentados da sociedade.
  • Prutugal - País ao lado da Espanha. Não é a Francia.
  • Rondana – Uma roldana que ronda à volta de si mesma.
  • Shampum – Líquido para lavar o cabelo que quando cai na banheira faz PUM.
  • Stander de vendas – Local de venda. A forma mais famosa é sem duvida o Stander de Automóveis.
  • Tçou, Tçi e afins - Inicialmente usado por músicos da zona da Baía de Cascais, rapidamente se estendeu a outros tipos de utilizadores. Atender o telefone e dizer "Tçou" é uma experiência aconselhável a qualquer cantor com ligações familiares à cantora Ágata.
  • Ter preciso – O mesmo que necessitar/precisar.
  • Tipo – Juntamente com o "É assim" e "Prontus", faz parte das grandes evoluções da língua portuguesa. Também sem querer dizer nada e não servir para nada, pode ser usado quando se quiser, porque nunca está errado nem certo. É assim... Tipo 'tás a ver?
  • Vosso mail – Se alguém não atende o telemóvel obviamente que vai para o vosso mail. Esta era escusada...
Várias pérolas de apanhados: "Vamos tentar danificar a camisola"...
 
Em breve voltarei ao assunto. I'll be back...

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.