Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Gato com Vertigens

Um espaço com ideias para pensar, divertir e partilhar.

Gato com Vertigens

Um espaço com ideias para pensar, divertir e partilhar.

O gato com vertigens é um blog que se destina a todos aqueles que tiverem algo de inteligente para dizer ou que queiram aprender mais sobre o mundo em que vivemos. Quer seja um comentário a uma notícia, um elogio, uma celebração, um desabafo ou uma denúncia, a sua opinião é bem-vinda.

 

A criança na internet

A Internet é um facto consumado hoje e, como todas as coisas na vida, tem o seu lado bom e outro menos agradável. Assim, temos que agir e relacionar-nos com ela como fazemos com tudo o resto na nossa vida: com muita informação para optimizar o seu uso e com a cautela necessária utilizada no nosso quotidiano.
As crianças, tanto ou mais que os adultos, são grandes entusiastas, e não há como negar-lhes as oportunidades de aprender, de se divertir, conversarem com os amigos ou simplesmente “navegarem” pela infinidade de possibilidades do universo on-line.
Enumeramos algumas sugestões ou recomendações de especialistas para que esta tarefa possa ser o mais tranquila possível para as crianças e para os seus pais.
1 – Incentive o seu filho a compartilhar as suas experiências na Net consigo. Use-a com ele de vez em quando, e coloque o PC numa área de fácil circulação, para que possa ser discretamente monitorizado;
2 – Ensine-o a confiar nos seus instintos. Se algo o perturbar de alguma maneira eles devem contar-lhe imediatamente;
3 – Se ele visita salas de chat, usa o messenger, jogos ou outras atividades on-line que necessite de nome e endereço de e-mail, ajude-o a escolher um sem qualquer informação pessoal;
4 – Oriente-o para nunca darem a sua morada residencial, número de telefone ou outras informações pessoais como escolas ou locais que frequenta;
5 – Ensine-o que a diferença entre o certo e o errado na Net, é a mesma coisa que na vida real;
6 – Ensine-o que as noções de respeito e educação, são as mesmas que na vida real;
7 – Avise-o que nunca deve encontrar-se com amigos virtuais pessoalmente. Explique que eles – os amigos virtuais – podem não ser o que afirmam ser;
8 - Ensine-lhe que nem tudo o que lê ou vê on-line é verdade. Estimule-o a fazer perguntas se tiver dúvidas;
9 – Estabeleça regras tais como, horário e tempo especifico para o uso do PC e da Net, para que o seu uso indiscriminado não venha comprometer as suas actividades de estudo, leitura, desporto, lazer e diversão com os amigos;
10 – Controle as actividades on-line do seu filho, programando o PC para não permitir o acesso a sites de conteúdo pornográfico ou violento, ou use softwares específicos para o caso.

Como tudo o mais, é melhor prevenir do que remediar. O risco é real, principalmente para crianças e adolescentes. Tomando as precauções necessárias não há – e nem como – privá-los do lado bom dessa actividade.
Fonte:
http://bytnet.blogspot.com/search/label/ZonadeConforto

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.